quinta-feira, 26 de julho de 2018

MENINA MIJONA






CHUVA DOURADA

Esse moço já vinha me cercando há um tempo no Whatsapp. 
Sempre mandava mensagens perguntando se eu fazia fetiche de chuva dourada, mas marcar que é bom, nada.
Estava quase o bloqueando por causa de tanto blá blá blá inútil, até que ele decidiu e foi certeiro.
Agendou para o dia seguinte num motel em Guarulhos e disse que queria me ver mijar e depois chupar minha buceta. 
Cachê, Uber, tudo combinado e agendado. Aleluia!Antes de sair de casa no dia seguinte para encontrá-lo, já havia bebido alguns copos de água, mas passei no mercado e comprei uma garrafa daquelas de 1,5 ml para ir tomando no caminho. 
Sempre faço questão de me hidratar bem, mas em dias de fazer chover, capricho na dose, para tirar qualquer cor e gosto ruim do xixi.
Esse é o segredo para uma chuva dourada de sucesso: xixi claro, sem cheiro ou gosto. Kkkkkk....
Quando entrei no quarto, ele já estava de banho tomado e vestido numa cueca boxer (morro de tesão), todo cheiroso.
Um rapaz jovem, na casa dos 30 anos, alto, moreno, cabelos negros e corpo bonito. Parecia até um índio, só que com o cabelo arrepiado.
Me recebeu sério e quase não reagiu ao sorriso que lhe dei. 
Pensei que poderia não ter gostado do que viu, mas depois ele me disse que foi só timidez, afinal, aquela foi a sua primeira vez com uma GP.
Como eu tinha acabado de tomar banho em casa, ele disse que não fazia questão que eu me banhasse de novo e veio em minha direção, meio apreensivo mas decidido, tanto que me pegou pela cintura, me deu um beijo na boca, um cheiro no pescoço...
(Eu dificilmente acredito quando homens dizem que são tímidos...rs).
- Que gordinha linda você é! - me disse entre beijos e enquanto tirava a minha blusa, mostrando meu sutiã azul florido.
Ao ver os meus peitos transbordando do sutiã, percebi que ele arregalou os olhos e sorriu. Pelo visto, foram aprovados!
Tratou de tirar todas minha calça e comigo, só de lingerie, me deitou na cama e começou a alisar e beijar o meu corpo. Eu sentia o seu bafo quente na minha pele e aquilo me arrepiava.
Beijou minha xota por cima da calcinha, foi subindo pela barriga (até deu uma mordidinha no bacon..hhahaha) e parou o nariz no meio dos meus seios. 
Respirou fundo e logo em seguida, de um jeito mais urgente, baixou a lycra do sutiã, expondo os mamilos, já bem bicudos e começou a mamar um deles.
Sem dó. O outro ele apertava com os dedos.
Fazia barulho seu sugar. Ora passava a língua feito um cachorro nos bicos, ora mordia com certa delicadeza.
- Morde mais forte! - eu instiguei.
Adoro uma mamada nos seios com mordidas não tão boazinhas...rs.
E ele entendeu, tanto que continuou se divertindo no playground montanhoso, mamando feito louco.
Sua mão começou a acariciar minha buceta, mas eu fiz questão de me esquivar um pouco, pois já estava sentindo a bexiga começar a dar sinal de querer esvaziar.
Percebendo isso, resolvi mudar o foco do rapaz, então me livrei do sutiã e da cueca dele e comecei a chupar sua rola. Ela não estava duraça, mas já estava bem rija, mostrando um pau bonito, apetitoso, que quase não entra todo na boca. Fiquei de 4, mamando e fazendo uma chupeta bem babada, pra poder acordar de vez o brinquedo, que prontamente respondeu.
Logo estava duro feito pedra , com a cabeça brilhando e bombando de tesão.
Adoro mamar uma rola e ficaria ali por muito mais tempo, mas o xixi, tão solicitado pelo rapaz, já estava a caminho.
Então, o peguei pela mão e fui rumando para a hidromassagem, que nesse motel, fica dentro do quarto, rodeada por uma parede de vidro. 
Entramos na hidro vazia e enquanto ele sentou dentro, eu me apoiei na beirada dela, com as pernas bem abertas. Ele tem um jeito de arregalar os olhos que chega a ser cômico...kkkkk. Os olhos parecem ao mesmo tempo ansiosos e assustados.




 - Isso, abre bem os olhos, que eu vou mijar pra você! - fui dizendo enquanto colocava a calcinha de lado, expondo a buceta lisinha e aberta pra derramar o líquido que ele tanto queria ver.
Ansioso, ele veio mais pra perto e eu deixei o líquido fluir. O jato foi saindo forte na direção dele, do jeito que eu queria, sem cor nenhuma e fazendo barulho. 
Ele, na hora que viu, colocou as mãos embaixo do xixi, molhando-as, como se estivesse lavando as mãos numa fonte de águas cristalinas.
- Que tesão! Delícia! Quero tudo! Mija tudo! - ele ia falando sem parar, enquanto eu percebia o seu pau, duro, mas dava aquelas balançadas involuntárias de vez em quando. Obedeci e esvaziei a bexiga.
Foi um xixizão! Toda aquela água que eu tomei, pareceu que saiu toda de uma vez só, sem o organismo absorver nada...kkkkk.
Mal terminei de me aliviar, o moço ajoelhou em cima da poça de mijo e abocanhou a minha buceta, lambendo tudo. Lambeu as coxas, as dobras da pele, o grelinho, enfiou a língua e a cara toda na minha xota e por fim, ainda me fez sentar na boca dele, enquanto ele punhetava o pau sem parar. 
Percebi no que aquilo ia dar, então já peguei um preservativo que havia deixado a mão e com o brinquedo encapado, sentei na rola dele e comecei a quicar gostoso, ainda dentro da hidro. 
- Pula, safada! Menina mijona, gostosa! - ele ia dizendo e eu sentando no pau.
Estávamos com tanto tesão que não demorou quase nada para gozar gostoso e e ele encher a camisinha de porra.
Faço esse fetiche, mas confesso que quando acaba, eu quero logo tomar um banho (com água) e ficar limpinha de novo. 
Sem contar que a parte passiva da chuva dourada pra mim é um limite.
Aceito fazer no parceiro mas não aceito que ele faça em mim.
Não me pergunte qual o bloqueio, pois nem eu sei. 
Depois dos dois limpinhos e cheirando sabonete e creme de novo, ficamos conversando na cama, nos conhecendo um pouco mais e contando mais sobre nossos gostos e também, sobre fantasias e fetiches.
Na conversa, descobri que ele é solteiro e advogado. 
(Esses advogados safadinhos. Sem sombra de dúvida, é o profissional que eu mais atendo! Advogados, todas as semanas tem, pelo menos, um! Kkkkkk....).
E no meio do papo, ele me surpreende e solta:
- Quero mais!!
Eu, inocente:
- Quer mais o quê? (Oh, dó!)
- Mais chuva. Agora quero no corpo todo! - disse, já me perguntando em seguida se eu podia esticar por mais uma hora o programa.
Como nesse dia, no período da tarde, só marquei ele de cliente, topei a esticada e já liguei para o serviço de quarto, pedindo mais 2 garrafas de água, pois no frigobar só tinham duas...hahahha!

Enquanto isso, ficamos na cama, fazendo hora, continuando o papo, nos beijando, trocando carinhos, vendo bobagem na TV, até que as 4 garrafinhas pet de água se foram.
Mas até a vontade aparecer, foi rolando uma mão boba aqui e ali, então logo estávamos animados pra um segundo round.
E ele descobriu outro ponto fraco meu: o cuzinho.
Numa dessas brincadeiras, socou o dedo e eu pulei de tesão. Coloquei a bunda na sua cara e começamos um 69 delicioso. Sua boca enchia com a minha xota, cutucava o meu rabinho e eu cuspia no seu cacete, punhetava e socava ele todo garganta adentro.
Ah, como eu amo chupar uma piroca. Amo, amo, amo, amo! 
Ainda mais limpinha, cheirosa e depiladinha. É tesão que não acaba mais.
E não curto chupar só a piroca não. 
As bolas também. Cheiro, enfio a cara nelas...me divirto.
E foi o que eu fiz. Me livrei do 69 e fiquei no meio das pernas do moço para me concentrar só em serví-lo. E foi o que eu fiz! Chupei e soquei uma tão gostosa, que ele não resistiu.
- Vem, deixa eu te pegar...fica de 4! - quase implorou.
Encapei o moço, coloquei o bundão pra cima, já toda melada com a buceta pulsando de tanto tesão e ele socou! O pau escorregou pra dentro e eu engoli ele todo!
Começamos naquele ritmo gostoso, os corpos fazendo barulho enquanto se batiam e eu pedindo pra ele meter.

 - Meto sim...vou meter tudo! Puta! Gostosa! Vadia! - ele já perdeu um pouco mais o pudor e começou a soltar umas putarias, que começaram a me animar mais ainda. Tanto que logo gozei no seu cacete, sentindo o vai e vem gostoso.
Como ele não havia gozado, continuei balançando a bunda em direção ao seu pau, mas ele deitou na cama, dizendo:
- Chupa...chupa mais! Vc de 4, eu não tô aguentando...se continuar eu vou gozar! 
Eu, obedeci e fui chupar mais um pouco. Coisa que eu quase nem gosto...hhahaha...
Grudei a boca no cacete do moço e chupei tanto, que as vezes ele pedia pra eu parar, pois não estava aguentando.  
Só larguei quando percebi que já estava com vontade de fazer xixi de novo.
Quando falei, ele já arrancou toda a roupa de cama, dizendo 'Vem'...
Fiquei em pé na cama e fui me concentrando para cumprir a promessa da previsão do tempo daquele dia (kkkkk...trocadilho péssimo!).
E dessa vez, aos poucos, o xixi foi vindo.
Primeiro sobre o pau do moço (que estava lustroso, apontando para o teto) e fui andando, com a pernas abertas sobre o seu corpo, molhando em seguida, sua barriga e o peito, molhando os poucos pêlos que ele tinha...
- Vem...na boca! Termina na minha boca! - quase gritou, puxando minhas canelas pra descer na sua boca!
O fluxo da urina, que não foi tão forte quanto o primeiro, já estava no fim, mas sentei sobre a sua boca e fiz ele beber o restinho do mijo.
Quando terminou, ele sugou tão forte o meu grelo, que parecia querer tirar mais, na marra.
Sugava, quase mordia e só não gritava porque estava com a boca cheia de buceta...rs.
Me fez gozar na sua boca, de tanto que chupou e lambeu gostoso. 
E gozou se punhetando enquanto se esbaldava com a chuva dourada.
Só percebi, quando sai da sua boca e vi a porra espalhada pela sua barriga...rs.
Tomamos banho juntos e me confessou que foi a primeira vez que tocou, se molhou e bebeu o xixi, mas que ficou com tanto tesão, que não resistiu.
Pagou o cachê que eu pedi pelas 2 horas e ainda meu deu um plus, mas também, ficamos um tempo a mais desse tempo.
Me deu uma carona até o shopping Internacional, se despediu com um beijo na boca e dizendo:
- Logo, logo, vou querer mais, minha menina mijona!
Posso apostar, que nessa hora, eu fiquei vermelha de vergonha...hahahha!


Vem realizar suas fantasias e fetiches comigo.

Agendamentos, dúvidas e valores via Whatsapp:
(Dispenso e bloqueio punheteiros e curiosos)

(11) 99271-4563

Atendimento das 10 hrs ás 23 hrs.

 

domingo, 8 de julho de 2018

MATÉRIA NOVA


LAVE O PINTO!

 
Você sabia que a falta de higiene no seu pinto pode colaborar para o aparecimento de câncer de pênis e até a amputação do membro ?
Não sabia ? Pois acredite!
O novo texto publicado na aba 'MATÉRIAS' te explica melhor e
dá dicas para você cuidar direitinho do seu brinquedo.
Vai lá conferir no link:

Beijocas!

sábado, 7 de julho de 2018

RAPIDINHA...


Uma rapidinha não faz mais a ninguém né ? 
Então, aqui no meu blog, quando você ler o título RAPIDINHA
 quer dizer que vou contar uma história express.
Como garota de programa, sempre tenho alguma foda 
quentinha pra contar. E nas rapidinhas, essas histórias
vão aparecer. Aproveitem!


 TARADO POR CU

Juliano* marcou atendimento comigo no motel Lido e já havia me dito no agendamento que queria chupar meu cu. Que tinha visto minhas fotos e que ficou taradão no meu cuzinho e que precisava lamber.
Passei pela porta da suíte e vi um homem de uns 40 anos, meio fofinho, barbudo e de mãos grandes. 
Uma conversinha para quebrar o gelo (onde ele me disse que estava um pouco nervoso, pois nunca havia saído com uma acompanhante) e a higiene padrão, e já fomos em direção a cama.
Já nua, fiquei de 4, para provocá-lo.
- Vem cá, que eu quero acabar com teu nervosismo! - eu disse,
balançando o rabo, como se fosse uma cobra, pronta pra dar o bote, deixando a bucetona e o cu exposto.
Ele entendeu o recado e automaticamente começou a fazer o que queria.
Pegou nas minhas carnes, abriu minha bunda e mergulhou de língua no meu buraquinho. Uma língua molhada, faminta e gulosa me invadia sem dó.
- Que cu lisinho! Delícia! - dizia enquanto lambia meu rabo.
Eu amo levar linguada no cu. Fico louca. E fui ficando assim a cada investida dele. Eu piscava o cu e ele metia a língua inteira lá dentro.
Com a mão, eu pressionava sua cabeça em direção ao meu rabo e o sufocava na minha bunda. Sua cara ficava enterrada nas minhas carnes. 
Ele gemia e apertava minhas coxas, balançando o rosto como se quisesse entrar rabo adentro.
Pedi para ele deitar-se na cama, de barriga pra cima, e aí pude ver que o pau já estava duraço, cheio de veias, com a cabeçona brilhando. Minha intenção era sentar na cara dele, mas ao ver aquela vara, resolvi chupar um pouquinho,pois não resisto a uma chupeta num pau bonito daquele. Depilado, cheiroso, limpinho. Engasguei, babei e quase não saí, mas resolvi voltar a fantasia do moço.
Aí sim, sentei na sua cara, abrindo o bumbum e encaixando o cu na boca do Juliano*.
- Vem, safada! Dá esse cu gostoso na minha boca - disse, cheio de tesão.
Me esfreguei toda na cara daquele safado. Foi muita lambeção até que ele, sem aguentar, com o pau pingando de tesão, me pediu para sentar na sua rola. 
Encapei o moço e sentei, rebolando e começando a cavalgar gostoso.
Minha buceta estava toda babada da saliva dele e também do melado que descia enquanto ele se dedicava ao meu cu (já disse que meu furico é muito sensível e eu sinto um tesão absurdo nele).
Escorreguei pra cima e pra baixo no cacete, enquanto ele mamava nos meus peitos e mordia os bicos de vez em quando. 
- Senta, linda! Assim mesmo, senta gostoso, sua putinha!
Eu só obedecia e quicava sem dó. Adoro ser chamada de puta, safada e vadia.
Meu tesão dobra. 
Trocamos a posição e ficamos de 4 e Juliano me comeu sem dó, ora enfiando o dedo no meu cu, ora dando uns tapas enquanto eu rebolava e pedia pra ele puxar meu cabelo. Ficamos tão engatados que eu sentia o suor do peito dele colando nas minhas costas.
Gozamos muito gostoso.
Nervosismo esgotado. Novo banho tomado.
E segundo round só de lambida no meu cu.
Ele queria gozar só me lambendo.
E esvaziou o saco mais um vez. 
Dessa vez não rolou anal, mas ele disse que na próxima, não vai abrir mão.
Dinheiro na mão. Banho tomado de novo.
Beijo na boca e tchauzinho.
Foda e cliente nota 10!

*São usados nomes fictícios para preservar a identidade dos clientes.


Quer realizar sua fantasia comigo também ?
Me consulte sobre valores e agenda!
(11) 99271-4563

Celular somente para agendamento e dúvidas
Curiosos são dispensáveis! 


segunda-feira, 25 de junho de 2018

ALTERAÇÃO DE CELULAR DE TRABALHO!


AVISO



Passando para avisar aos meus clientes lindos, que tive um problema com meu celular de trabalho e estou atendendo em novo número, inclusive no whatsapp.

Anote aí o novo número na agendinha de vocês:

(11) 99271-4563 


Já aviso que ESTE CELULAR É SOMENTE PARA TRABALHO.
 (Agendamento de programa, dúvidas de atendimento e 
venda de pacotes de fotos/vídeos)

Qualquer outro tipo de contato, será ignorado ou bloqueado.
Agradeço a compreensão!

 

terça-feira, 5 de junho de 2018

DIVAS


NÃO BASTA SER GOSTOSA!
TEM QUE TER CONTEÚDO!


Dizem por aí, que a inteligência é afrodisíaca! 
E quando ela vem acompanhada de um corpão gostoso,
tudo melhora ainda mais! 
Na seção Divas, hoje você vai conhecer um pouco mais 
da camgirl Escritora Sofieh. 
Volúpia, bom gosto e inteligência reunidos numa só mulher!
Confira no link:


 

terça-feira, 22 de maio de 2018

CONVITE IRRECUSÁVEL, HEIN ?


E VOCÊ, JÁ EXPERIMENTOU UMA GORDELÍCIA?



SE NÃO EXPERIMENTOU, ESTÁ PERDENDO TEMPO!
GOSTOSA E ENCORPADA! VEM TOMAR UMA COMIGO!


🌸 Acompanhante Gordinha 🌸

🌎 Atendo SP/Capital e Guarulhos
🏩 Hotel/Motel (por conta do cliente)
📍 Com hora marcada
💰 1 hora = R$ 200,00
💕 Agende seu horário e vamos namorar

📲 Contato Whatsapp : (11)99601-1231
Só para agendamento e dúvidas!

Vem pro meu mundo!

Pra maiores informações, use o link:

 

quinta-feira, 10 de maio de 2018

QUANDO O CLIENTE SURPREENDE...




CONHECER HOMENS MARAVILHOSO:
UMA DAS DELÍCIAS DA PROFISSÃO!


Ao aceitar trabalhar com público, nos deparamos com todo tipo de gente, com diversos temperamentos e humores. 
No universo das acompanhantes, não é diferente. 
Apesar do pouco tempo, já pude perceber que cada cliente me vê de uma forma e sempre tem expectativas diferentes do cliente anterior. O mesmo acontece com as meninas em relação ao cliente. Nunca sabemos quem vamos encontrar. Isso ao mesmo tempo que assusta, é altamente erótico.
Quando recebi o contato de Walter* pelo Whatsapp, percebi um homem de poucas palavras e objetivo. No seu primeiro contato, não deu certo de nos encontrarmos devido a agenda. 
Confesso que achei que ele nem voltaria a me procurar.
Mas para minha surpresa, alguns dias depois ele me chamou no whats perguntando se eu estava tranquila para atendê-lo. Super educado e sucinto.
Queria que eu fosse atendê-lo em um motel da Zona Sul de SP, bem longe da minha base. Disse a ele que até iria atendê-lo, mas que haveria taxa de Uber.
Combinamos o cachê, com as taxas adicionais de sexo anal e deslocamento e ele não pestanejou: disse que estaria me esperando. 
Perguntou se eu gostava de beijar e me pediu:
- Você vai cuidar de mim ? 
Claro que iria. E muito bem!
Peguei o Uber e ao avisar pelo Whats que cheguei no lugar combinado, ele saiu do carro e ao vê-lo, de longe, confesso que gostei.
Um homem de barba e cabelos grisalhos, com idade por volta dos 40 anos (acho...rs), estatura média, um magro carnudinho e bem vestido. 
O tipo de homem pelo qual eu tenho uma tremenda simpatia (para não dizer com todas as letras, sinto TESÃO!).
Me aproximei, trocamos um selinho meio desencontrado e rumamos para um dos motéis da Ricardo Jafet.
Ao entrar no quarto, trocamos algumas palavras, num papo corriqueiro e como já estávamos ambos de banho tomado, não demorou muito para começar a nos beijar. Apesar de eu achá-lo um pouco contido nesse momento, senti que o beijo encaixou.
Ele comentou dizendo que queria me conhecer, me sentir e eu perguntei:
- Então, você gosta de gordinha? 
Recebi como resposta:
- EU GOSTO DO SEU CORPO! - me disse, enfático, já tirando a camisa e mostrando um peito peludo bem gostoso.
Nessa frase, ele já me ganhou e enquanto fui tirando a roupa, perguntei qual a parte do corpo que ele mais gostou.
Adivinhem o que ele respondeu ?
Os seios, é claro...rs.
(Sem falta modéstia, confesso que até eu sinto tesão nos meus seios..kkkkk.)
Voltamos a nos beijar bem gostoso, deitados na cama, ele já sem roupa e eu de lingerie. Logo tirei o sutiã e mostrei os seios pra ele, que não esperou e começou a mamar gostoso. Ao mesmo tempo que demonstrava fome, chupando com vontade, tinha uma delicadeza em chupar e passar as mãos nos bicos, me deixando louca. 
Minha buceta já estava pulsando de tesão com essa atenção especial ao meus peitões. Eles são sensíveis a esse tipo de atenção e eu adoro. Deixo mamar até cansar. Enquanto mamava, ele ia procurando o meu grelo, ainda dentro da calcinha e eu ia ficando arrepiada.



Como sempre digo aqui, nem sempre lembro a ordem do que acontece na transa, mas depois de muito aproveitar sua língua nos meus bicos, ele me pediu pra tirar a calcinha. Atendi e ao ficar em pé na cama, já voltei, sentando com a buceta melada na boca dele, sentindo aquela barba gostosa fazendo atrito com a pele lisa. E olha, ele sabe chupar uma xota...rs!
Chupou e chupou com gosto. Sentei o bundão no seu rosto e esfreguei, rebolando de vez em quanto e sentia o corpo dar uma tremidinha quando ele passava a língua no meu grelinho e o tratava com tanta dedicação e de forma que não me machucava, sem força mas com intensidade certa. Enquanto isso, ainda sentia um de seus dedos adentrar o meu cuzinho, que piscava de vontade.
Esse homem só me fazia sentir o prazer.
Tem homens que não sabem dosar a pressão e a delicadeza em chupar o grelinho da mulher. Walter* sabe exatamente como fazer. Me fez gozar gostoso na sua boca. Me fez tremer e gemer de tesão naquela língua maravilhosa.
Ficamos um bom tempo nesse facesitting gostoso.
Depois disso fiz questão de beijar sua boca, lambendo seus lábios pra sentir o meu próprio sabor. E como beija gostoso...Huuuum....
Entre beijos e apertões, fui sentar no seu brinquedo, que era de tamanho médio mas grosso, bem suculento.
Encapei o moço e ao entrar, pude sentir aquele cacete gostoso preenchendo toda minha bucetinha, o que me deixou com muito tesão. Me aproveitei dele e metemos em várias posições com ele encaixado na minha xaninha. Cavalguei gostoso, enquanto ele tocava os meus peitos com as pontas dos dedos, de um jeito bem sutil ou enquanto ele passava a ponta das unhas bem devagar nas minhas costas, levantando todos os meus pêlos do corpo, me deixando extremamente excitada. 
Walter* em todo momento fazia questão de me chamar de gostosa, com veemência. Repetiu isso dezenas de vezes. Ora bem baixinho no meu ouvido, ora quase que como uma imposição para me convencer de que estava falando a verdade. Adorei isso.
- Que bucetinha gostosa você tem... - e socava gostoso, me beijando a boca com vontade.
Ás vezes, dava uma paradinha nos movimentos para namorar um pouco , com o pau dentro de mim e eu o sentia pulsar nas paredes da minha xota. Isso me fazia encharcar. Ora também apertava e dava um leve balançada nos meus quadris e coxas, parecendo querer sentir a fartura da carne...rs.



Gozei deliciosamente no pau daquele moço gostoso e de palavras certeiras. 
Me comeu de frango assado, papai e mamãe e de ladinho, nós dois entrelaçados e ele socando e apertando meus seios. De ladinho, eu não resisto!
E no meio dessa brincadeira gostosa, ele pediu o meu cuzinho...
Havia fechado o programa com ele já com anal após ele me dizer que não era dotado, mas ao ver aquele pau grosso, eu me assustei um pouco, mas como o combinado não sai caro, cumpri o prometido. E claro, como putinha safada que sou, apesar do pensamento inicial, quis sentir aquela delícia entrando no meu rabinho.
Lubrifiquei o cuzinho um pouco com saliva e com ele deitado na cama, comecei a sentar na sua pica gostosa. É a sensação que eu mais curto, sentir as preguinhas abrindo e engolindo todo o brinquedo do parceiro. Fui descendo devagar para poder apreciar cada centímetro daquela delícia e conforme eu ia descendo, Walter* ia gemendo e revirando os olhos dizendo que tava gostoso.
E realmente estava. 
Não foi uma coisa violenta, mas eu sentei e fiquei rebolando gostoso e engolindo-o inteiro. Que tesão sentí-lo inteiro dentro de mim e ver a cara dele de tesão enquanto eu quicava no seu pau...Huuuum...tudo de bom!
Desengatei e fiquei um tempo roçando naquela delícia com a buceta. Sentia o pulsar do membro dele entre minhas pernas. Ficamos um tempo ali, meio que num êxtase de prazer, curtindo a sensação.
- Você que está cuidando gostoso de mim! - eu disse, enquanto ele estava pincelando o pau na minha buceta que estava babando, querendo mais.
- Você é muito gostosa! Bucetinha cheirosa, quentinha, beija gostoso, é mais linda do que nas fotos do site! -  ia me enchendo de elogios e aquilo me deixava entre um pouco tímida e com mais tesão ainda.
Ele acabou me chupando novamente, me fazendo gozar outra vez, derramando todo meu mel na sua boca faminta. 
E claro, eu só fiz retribuir! Prometi que iria encher a boca com o leitinho dele e cumpri!
Tirei a camisinha, começando uma chupetinha gostosa naquele pau, enchendo a boca com ele, pois como disse, era grosso e suculento. Eu, que gosto muito de mamar, aproveitei e me acabei! Ele pediu para punhetar e colocar a cabeça da pica na boca ao mesmo tempo que ele ia gozar. Pedido atendido
Continuei naquela toada e em pouco tempo , ele jorrou porra gostosa e quente na minha boca toda, urrando gostoso de tesão, me deixando satisfeita em ter gozado tanto e em tê-lo feito gozar também.
Isso é bom, conhecer um homem que tem bom papo, mas fala só o necessário, inteligente, cavalheiro e vê-lo sair satisfeito com nosso encontro. Saiu tão satisfeito que ainda me deu um belo bônus sobre o cachê combinado. Quer mais prova que esta? Mas além da questão financeira, fico contente quando é um amorzinho especial, com química boa e tesão entre os corpos. Desse jeito, só pode resultar num gozo mútuo delicioso! Nota 10!
Que chovam clientes assim! E que este cliente chova mais vezes na minha horta...rs!

* Nome alterado para preservar a identidade do cliente.





Quer me conhecer e provar tudo que uma gordinha pode oferecer? 
Consulte valores do meu cachê e atendimento no link abaixo.


Realizo diversos fetiches e fantasias.
Me conta seus segredos e viva seus desejos!
 
 Também tenho disponibilidade para acompanhamento em viagens!
Vai trabalhar fora e quer companhia? 
Me leva e garanta momentos de prazer em meio a obrigação...rs.

Agendamento somente por Whatsapp
(11) 99601-1231

 (Peço que seja OBJETIVO e caso eu não atenda no momento que você chama,
deixe avisado até que horário posso retornar, para evitar transtorno com esposas, filhos e afins, ok ??)